quarta-feira, 1 de fevereiro de 2017

Para lembrar em Fevereiro (e em todos os meses do ano)


E ser emigrante nómada com amigos nómadas torna tudo mais difícil. Porque são cidades diferentes, países diferentes, fusos horários diferentes, vidas diferentes, rotinas que não se partilham. É por isso que tenho feito um esforço para adoptar esta máxima, mesmo que para alguns a conversa deixada há 1 ou 6 meses possa continuar como se tivéssemos apenas feito uma pausa para almoço.

5 comentários:

  1. Como te entendo... E tambem me convenco que ser emigrante é um dos melhores "filtros" de pessoas na nossa vida, que alguma vez inventaram.
    Às vezes custa, mas é mesmo assim.

    Beijinho!
    Porty's Diary - Blog
    Porty's Diary - Facebook

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tinha pensado nisso nesse ponto de vista, mas talvez tenhas razão sim :)

      Eliminar
  2. Tens razão, com essa vida nómada é mesmo tudo mais difícil. Mas mais ridículo ainda é não ter essa vida nómada e isso acontecer vezes de mais. Aí não é por ser difícil, é mesmo porque as pessoas estão, cada vez mais, a deixar de esforçar-se nesse campo. O que é muito, muito triste. *

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Percebo o que dizes, embora por acaso tenha escrito isto no sentido positivo (ou seja, de encontrar pessoas que se mantêm apesar dos países e das rotinas diferentes). Mas concordo em absoluto que não há grande esforço, ainda ontem comentava com um amigo que cada vez mais se assiste à cultura do imediato (e sim, depois bebemos a nossa limonada e continuamos a falar como uns velhos, ahaha). Beijinho, eu cá acredito que quem vale a pena acaba por ficar ;)

      Eliminar
  3. ter "amigos" hoje é dia já é um achado...e assim é um milagre! se tens guarda-os...

    bom dia

    ResponderEliminar