sexta-feira, 26 de agosto de 2016

The bank holiday

Vem aí um fim de semana de 3 dias (para mim são 4, muhahaha) e o país fica louco. É o último fim de semana com verdadeiro sabor a verão antes do regresso às aulas e à rotina de Setembro. Claro que ainda andei a ver se podia ir a algum lado mas como estava tudo tão caro que seria preciso vender um rim (não que eu saiba a quanto está o rim, entenda-se) vou mesmo ficar por cá. Obviamente que como bank holiday que se preze (e juro que isto é uma piada nacional) espera-se que chova mas isso não me vai fazer cancelar o meu plano de passeio pelo campo mai' lindo desta ilha (vá, a seguir à Escócia, pronto). Para além disso, e seguindo a tradição nacional, tenho uma lista imensa de afazeres em casa. É que o bank holiday é isso, pessoas, queixarmo-nos da chuva e aproveitarmos para pôr cenas em ordem antes da vida voltar à normalidade em Setembro. Mas também é haver tempo para chá e crepes caseiros com chocolate, filmes e livros, tardes no museu, brunch no café que está há imenso tempo na lista e, claro, planear as próximas viagens. Bring it on!

3 comentários:

  1. Adoro esse conceito de feriado sem motivo aparente e estrategicamente colocado à segunda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há 2 no ano: um em Agosto e outro em Maio. No resto do tempo, se algum feriado calhar ao fim de semana, o feriado "substituto" passa para a segunda seguinte, que é o caso do ano novo, por exemplo, tenho o dia 2 de Janeiro de folga por causa disso ;)

      Eliminar
  2. Livros, livros, livros... Parece-me uma excelente opção para estes dias. :)

    ResponderEliminar