quinta-feira, 14 de julho de 2016

Washington DC - dia #1

E vamos lá falar de Washington DC antes que me esqueça de acabar os posts da minha viagem por terras do Tio Sam.
Quando decidi que iria visitar NYC e Washington DC andei indecisa se haveria de fazer o percurso entre as duas cidades de comboio ou de avião. Os preços eram muito semelhantes mas o site dos comboios tinha imensos avisos por causa de obras e atrasos esperados na linha para essas datas por isso decidi que ia voar entre NYC e DC. A viagem começou logo mal: chegámos ao aeroporto e o voo estava cancelado! Estivemos imenso tempo numa fila (companhias europeias, estão perdoadas!) para nos darem um bilhete para um voo anterior e não termos de esperar até ao final do dia ("mas vão ter de correr um bocadinho"). Depois de batido o record dos 800m no JFK entrámos no avião que depois de umas voltas na pista voltou à gate e teve o voo cancelado... "Mau tempo em DC" foi o que descobrimos, já dentro do terminal. Por esta altura eu já estava a pensar que o customer service da American Airlines é péssimo e a Europa é um sítio muito melhor para voar mas não havia grande coisa a fazer a não ser esperar e rezar para que as malas chegassem a DC depois de tantas trocas. Lá acabámos por conseguir os últimos lugares do voo a meio da tarde (depois de uma manhã queimada no aeroporto...) e chegámos a DC por volta das 18h (nós e, para nossa surpresa, as malas! yeaaaaaah!). Foi portanto um dia perdido no JFK, obrigadinha AA... 
O primeiro impacto que tive ao chegar a DC foi o calor e a humidade, um clima quase opressivo! Precisei de trocar as calças por um vestido antes do jantar e agradeci ainda mais o ar condicionado dos restaurantes e lojas. Nesse dia pouco fizemos para além de jantar, dar uma voltinha à volta do hotel, ir até à Casa Branca ver se o Barack estava por lá e descansar. Mas o meu plano para DC estava programado ao minuto para os dias seguintes!
Apesar de quase todos os museus e monumentos serem de entrada em gratuita, recomendo que sobretudo no verão (e em férias escolares!) marquem online uma hora de entrada para certos sítios como o Capitólio ou os National Archives. Paga-se uma pequena taxa de reserva mas compensa bastante - sobretudo para os National Archives onde a fila pode chegar a dar a volta ao edifício! Foi em função destas horas de entrada que consegui marcar que decidi tudo o resto e fui construindo o programa. Assim sendo, o primeiro dia ficou com o Supreme Court e Library of the Congress, que ficam na mesma zona, e o Air and Space Museum.
O Supreme Court só está aberto de Segunda a Sexta e tem uma exposição que explica a história do edifício e da instituição e há ainda uma sala onde passam um pequeno documentário. Eles são particularmente orgulhosos de duas escadarias em espiral, feitas de mármore e bronze, e que são apenas suportadas pelos degraus e a sua ligação à parede (não percebi todo o entusiasmo, sorry).
A Library of the Congress foi o meu edifício preferido em toda a cidade!

À tarde foi a vez  de ser geek no Air and Space Museum!
(Apollo 11 Command Module - sim, a da viagem à lua com o Buzz e o Neil!)
Terminámos o dia na Casa Branca, junto ao Hotel, para tirar fotografia à morada mais famosa do mundo pois claro:

Fizemos tudo a pé, que DC é uma cidade bastante compacta (sobretudo depois de NYC). O calor e a humidade no verão é que não ajudam (há gente de 100 em 100 metros a vender garrafas de água, acho que isso diz muito) mas sobrevive-se. Stay tuned para mais 2 dias de DC e depois prometo que me deixo disto dos Estados Unidos...

2 comentários: