domingo, 6 de dezembro de 2015

Tradições alemãs

Hoje é dia de São Nicolau e manda a tradição que na noite anterior as crianças coloquem os seus sapatos à porta de casa para que este deixe chocolates, tangerinas (!), nozes (!) e pequenas lembranças àquelas que se portaram bem. Infelizmente, esqueci-me de deixar os meus sapatos à porta do prédio, portanto não tive direito a chocolates ou lembranças, mas na sexta comprei tangerinas, será que também conta?

Entretanto, e porque estamos a 6 de Dezembro está na hora de enviar os meus habituais cartões de Natal. Este ano são 13 e, tal como a senhora do correio em Oxford me disse, parece o festival da canção: vão para a Holanda, Inglaterra, Itália, Portugal, Noruega e Alemanha. E a lista de países só não é maior porque em vez de considerar a morada de alguns amigos emigrantes vou usar os "headquarters" deles, em Portugal. Todo o nómada tem os seus headquarters e é tão bom receber umas palavras escritas à mão quando se regressa a casa pelo Natal, não é?


Notei que aqui, tal como em Inglaterra, existem postais de Natal onde avós, padrinhos ou outros familiares podem colocar dinheiro e oferecer às crianças. Têm mesmo um formato (e um nome) específico, por isso imagino que seja uma coisa popular por estes lados.

6 comentários:

  1. Também adoro enviar e receber postais! É mais quentinho, digamos.
    :-) O prazer de escolher de acordo com a pessoa a quem enviamos, o escrever as palavras pelo próprio punho, o ir aos correios enviar
    , adoro, adoro!! E há postais tão giros, tão engraçados!...:-)
    Que gira a tradição das nozes e das tangerinas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É pois, também adoro o cunho pessoal dos postais!
      Achei curioso oferecerem nozes e tangerinas, realmente :) Tenho de ir ver se há alguma razão para isso.

      Eliminar
  2. A tradição das botas é muito gira! =)

    ResponderEliminar