sexta-feira, 18 de dezembro de 2015

Alemanha: the dark side of the force

Eu nem sou fã de Star Wars (apedrejem-me, vá) mas achei que este era o título perfeito para as primeiras lições e embirrices que recolhi neste meu primeiro mês no país. Estou claramente a precisar de regressar à pátria para um "intervalo"!

- Fazer compras a uma sexta à tarde é a pior ideia que podemos ter. Sábado à tarde também é uma péssima alternativa. A sério.
- Nunca atravessem com o sinal vermelho se não quiserem sentir-se ostracizados mesmo que não venha nenhum carro num raio de 2 km (nunca o fiz só com o peso da peer pressure!).
- Boa sorte para conseguirem alguma informação em inglês. Boa. Sorte.
- Preparem-se para regredir até à idade da pedra em termos de sistema bancário. Tenho saudades do multibanco (como sempre), das contas grátis e sem chatices, de poder levantar dinheiro onde eu quero e não onde o banco manda. Para além disso, aqui tudo é complicado e demora imenso tempo, até o raio do cartão da conta demora umas 2 semanas a chegar a casa, arre. Tragam os meus ABN e HSBC de volta.
- Os serviços de apoio ao cliente/instituições são péssimos. Como diz um colega meu, ou marcamos um Termin (onde é possível) e gastamos 2 horas à espera ou assumimos que a coisa vai demorar o dia todo e nem sequer vamos trabalhar. É um exagero claro (a parte do dia inteiro, a das 2 horas nem por isso...) mas ilustra bem o espírito. Já para não falar que muitas coisas estão abertas umas míseras 4 horas por dia. Bah.
- Nada é para agora. Nada. A tudo o que precisei responderam-me sempre "ah isso demora 2 semanas", "só daqui a 5 dias", etc etc. Espero que nas urgências as coisas sejam mais rápidas...

Muita calma, é o que é preciso. 

PS- E não há maneira de perder o hábito de olhar para o lado "errado" da estrada! Estou com compreensão lenta nesta mudança...

4 comentários:

  1. Respostas
    1. A terceira é uma chatice. Sobretudo porque há uma forma de fazer perguntas que aqui não funciona. Já me disseram "o que quer saber, concretamente?". Na minha cabeça consegui ouvir os meus amigos ingleses a dizer "how rude!" ahah.

      Eliminar