segunda-feira, 19 de outubro de 2015

Jerusalém - o início

A viagem começou mal: o voo para Istambul saiu quase à hora a que era suposto aterrar e perdi a ligação para Tel Aviv. Pior: só consegui lugar 2 voos a seguir, cheguei a Tel Aviv às 4 da manhã (!) e com isto tudo a minha mala ficou algures a meio do caminho (só a recebi passados 2 dias). E o que me fez atingir níveis históricos de stress: as equipas da Turkish Airlines são péssimas! Não foi por isso com a melhor das disposições com que cheguei a Jerusalém. Com a minha história aprendi duas dicas preciosas que partilho aqui: 
1- Se puderem, nunca façam escala em Istambul. Os voos andam constantemente atrasados e o apoio das equipas de terra é péssimo (é tudo muito bonito quando corre tudo bem, mas quando precisarem de ajuda, esqueçam!). Em alternativa, escolham uma escala ridiculamente grande ou, no limite, fiquem um dia por lá. Claro que o melhor é voar directo (coisa que já prometi a mim mesma enquanto apanhava a seca da minha vida no balcão de apoio da Turkish) embora isso sem sempre seja possível...
2- Segundo me foi dito já em Israel (desde o hotel até aos empregados de lojas), é muito comum perderem-se as malas a caminho de Tel Aviv. A Turkish tem uma reputação péssima (obrigadinha mas podiam ter dito antes...) e acho que a El Al também não é grande espingarda. Pelo sim pelo não, recomendo que levem uma mala de cabine com as coisas essenciais, just in case.

A melhor decisão que tomei foi a de ter marcado um shuttle particular desde o aeroporto até Jerusalém. O luxo que foi chegar e só ter de encontrar o senhor que segurava o meu nome numa plaquinha, para depois me afundar no banco de trás não teve preço! Existem, no entanto, outras opções, como o táxi privado ou o sherut (não sei grandes pormenores mas, segundo pesquisei, no primeiro caso trata-se de um táxi "normal", enquanto que o segundo é uma espécie de mini-bus que só arranca quando estiver cheio).
Depois de dormir umas 4 horas decidi que era altura de começar a turistar. Comecei pertinho do hotel, pela Tower of David e passou-me logo o mau humor... a vista de 360º sobre a cidade valeu a pena o calor (sauna!) que enfrentámos à tarde!

(Os sinais sempre em 3 línguas: inglês, hebraico e árabe) 

(As ruínas da Citadela)

(O lado moderno de Jerusalém)


(A Dome of the Rock, em grande destaque. Sim, eu queria muito a foto cliché de Jerusalém!)



(A Dome of the Rock e o famoso Monte das Oliveiras, muito mais "árido" do que eu o imaginava)



(As muralhas junto à Jaffa Gate)

10 comentários:

  1. Podes continuar, que eu continuo a ler. Já agora, o problema das malas não é da Turkish com que já voei e é das melhores companhias com que já voei no mundo, mas da grounforce em portugal e do aeroporto de Istambul que tem um movimento absurdo. Mas se quiseres MESMO ficar sem a mala tens duas hipóteses: Roma ou Madrid/Barajas, é trigo limpo, farinha amparo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acredito que não seja culpa deles, mas a forma como atenderam as pessoas foi muito, muito má e isso é que me deixou quase a espumar de raiva. Ninguém sabia nada, ninguém ouvia os clientes, era sempre "com o meu colega" e ainda respondiam mal! Se há coisa que me irrita é a displicência.

      Eliminar
    2. Nisso já concordo, até pq qdo foi pra apanhar o avião pro Irao tb foi a mesma coisa, acho que não percebiam inglês!!!

      Eliminar
    3. E o inglês deles? Acho que percebia melhor se falassem em turco :P

      Eliminar
    4. Lá está! Confere.
      Os gajos não falam é inglês! Triste, mas verdade....

      Eliminar
    5. Sim, é verdade. Se bem que eficiência foi coisa que também não existiu na minha viagem de ida ;)

      Eliminar
  2. Já estou a imaginar a minha foto: eu em primeiro plano à esquerda, a cúpula dourada ao centro num plano intermédio, e à direita ao fundo o Monte das Oliveiras. ahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Haha, lá irás em breve ;) Vai começando a pensar nos futuros enquadramentos!

      Eliminar
  3. Apesar de tudo, tiraste belas fotos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Apesar das minhas 4 horas de sono até que ficaram focadas e tal ;)

      Eliminar