domingo, 5 de julho de 2015

O verão sem férias

Encontrei mais uma alma que, como eu, não vai de férias de verão. E apeteceu-me logo dar-lhe um abraço solidário, que se há altura em que precisamos de um abraço é quando começamos a ver fotografias das férias dos outros no Instagram e Facebook e um sem fim de redes sociais que só existem para pôr ainda mais o dedo na ferida de quem fica a trabalhar Junho, Julho e Agosto. Felizmente que o calor por aqui decidiu dar tréguas (hoje), e por isso vou fingir que não me chateiam as trovoadas que se fazem sentir no verão (já na Holanda era o mesmo filme, se bem que só mais lá para Agosto), se calhar moro num país tropical e não sabia...
E se eu achava que estava muito bem assim sem férias e sem a certeza de poder descansar à sombra de uma qualquer palmeira em Setembro (e estou, não me faz muita diferença, só é chato começar a ver as fotos de pés alheios na piscina), a verdade é que eu sofro de um mal incurável... preciso de ter planos de viagem! Vários! E é por isso que nos meus momentos de procrastinação dou por mim a abrir o Google Maps e a pensar onde vou a seguir. E começo a pesquisar ideias de férias e já sonho com um Dezembro com o pé na areia. Já li imensos fóruns acerca de Jerusalém, já comprei o guia (obviamente) e mais um bocadinho já posso eu própria ser guia (ok, menos). Já comecei a pensar que é em 2016 que quero MESMO ir à Jordânia. E comecei a ter uma ideia louca de ir finalmente ao Nepal e ao Tibete (a primeira viagem de destinos "exóticos" que me lembro de querer fazer). Isto é doença, parece-me.

5 comentários:

  1. É doença das boas. Posso ir contigo? Acho que tenho férias na segunda quinzena de Agosto, ahahah

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes pois! Vai começando a pensar em 2016 ;) Eu estou MESMO a pensar seriamente nestes sítios, tenho de ver como vai ser a minha vida para o ano.

      Eliminar
  2. Respostas
    1. Combinadíssimo, quando souber como vai ser a minha vida no próximo emprego já te direi! ;) (e estou a falar a sério! run while you can!)

      Eliminar