sexta-feira, 15 de maio de 2015

The final countdown, turururu

Esta coisa de o tempo passar depressa é um sinal de que estamos a ficar velhos, não é? Eu pelo menos lembro-me de ser pequena e uma hora ser uma eternidade quando agora parece que tudo dura míseros minutos - pois se ainda ontem era Natal e hoje já estamos a meio de Maio (conversa que, aliás, me faz lembrar a minha avó). Tenho demasiadas coisas para fazer para meu próprio bem, e acho que um time-turner da Hermione vinha mesmo a calhar, umas 48 horas por dia até ao final do Agosto e a coisa fazia-se. Agora assim, não sei. Começo a perceber que não vou ter verão nem pé na areia, mas também em Dezembro há muito sítio onde me posso estender à beira-mar, é preciso é não desesperar. E se souberem de alguma mezinha para ser assim super mega eficiente e concentrada, digam, que eu ando a precisar disso. 

1 comentário:

  1. Padeço do mesmo mal, minha querida. E acho que é mesmo sinal de que estamos a ficar velhos (ou então a terra anda mesmo a girar mais depressa e está fora do nosso controlo). De qualquer das formas, o truque é não desesperar, não pense muito nisso e go with the flow.

    Um beijinho

    ResponderEliminar