quinta-feira, 19 de fevereiro de 2015

Outra vez a caminho

Não sei como explicar a minha imensa alegria sempre que faço as malas para voltar a Lisboa. Não é um ter saudades no sentido dramático ou nostálgico do termo, mas é tão bom pensar que amanhã vou jantar em casa e vai haver bacalhau a sério e notícias em português como ruído de fundo. E vou ter o pão que gosto para o pequeno almoço e um café à beira-rio e amêijoas só porque sim. É por isso que começo a fazer a mala com antecedência, porque me dá imenso prazer saborear o regresso a casa, aos bocadinhos, hoje uma camisola, amanhã um livro para ler na viagem, passo a passo. Desta vez, só há mala de cabine e algumas dores de cabeça para enfiar tudo NUM saco (obrigada, easyjet), logo eu que adoro ter a carteira separada do resto, mas tetris is my life por isso cá me irei arranjar. Tenho o discurso apenas semi preparado, que isto de ser best man em versão feminina é mais complicado do que parece, e espero que a viagem de avião me inspire para aterrar em Lisboa com um rascunho aceitável. O vestido já está pendurado à minha espera e tenho uma semana para encontrar uma clutch (olhem para mim a usar termos técnicos!) e um casaco. E gostava muito, muito mesmo, de encontrar um "chapéu" deste género, mas não tenho grande esperança.




5 comentários:

  1. Como te entendo!!!! já dei por mim a ver novelas portuguesas só para ouvir português!!... pronto, tenho a sorte de ter SIC internacional... bom regresso e aproveita bem!

    www.helenabranquinho.com

    ResponderEliminar
  2. Helena, percebo-te bem :)
    Obrigada, misspipeta!

    ResponderEliminar
  3. Tetris is my life é muito bom (ahahaha faço minhas as tuas palavras) e, de caminho, tenho a confessar-me apaixonada pela tua expressão escrita, gostei tanto deste post teu! E continuando o caminho das viagens e do tetris que lhe está associado, aproveito para expressar o pânico com que fiquei depois do teu comentário: tu tens razão!!! Tem que ir tudo (todos os líquidos, digo) num só saquinho não é verdade?? Eu acho que o teu comentário acabou de me salvar a vida...ou, pelo menos, poupou-me muito tempo na hora do embarque, se não estivesse a cumprir as regras do dito-cujo do saquinho!

    Um beijinho e obrigada pelo comentário. Obrigada mesmo!

    ResponderEliminar
  4. Ooh, obrigada Sara :) Sim, tem que ir tudo num saquinho daqueles de congelar, podes levar tu ou arranjar no aeroporto, mas eu nunca confio nas dimensões dos deles, ahah. Boa viagem!

    ResponderEliminar