segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Munique

Munique era mais uma passagem para Salzburgo do que um objectivo principal, mas a verdade é que acabei por gostar imenso daquela cidade alemã. Tal como me aconteceu quando fui a Copenhaga, dei por mim a pensar que era pessoa para viver feliz por ali. E com esta vida de nómada, quem sabe, não é? Visitá-la no Natal deu um toque mais especial e... mais um mercado para a minha colecção! Com isto, decidi abandonar a minha colecção de postais, que mantinha desde os 6 anos (yup, é assustadora a quantidade de tralha que tenho) e vou começar a trazer enfeites de Natal para a árvore.
Aproveitei a visita para ir ao Neuschweinstein, o castelo "da Disney", sem dúvida o programa mais turístico que fiz nos últimos tempos (mais um bocadinho e sentia-me como nas filas do Vaticano) mas que valeu muito a pena! Como sou pessoa de tirar TODAS as fotos clichés tive que ir procurar a ponte de onde se tem a vista mais famosa do castelo (está ali em baixo). Ora... eu já sabia que a ponte era pequena e estreita porque tinha cuscado na internet, o que eu não esperava era vê-la completamente cheia de turistas e sentir o chão de madeira a baloiçar a partir do momento em que consegui entrar! Estive 2 minutos na ponte, estilo missão militar "entrar, chegar à grade, tirar a fotografia, voltar". Assustador, sobretudo para mariquinhas como eu (as alturas dão-me tonturas, e as multidões não ajudam).
Não são certamente as melhores fotos, mas achei que eram das que melhor retratavam a viagem, por aqui estão.





 


 O museu da BMW é um programa engraçado, mesmo que não sejam os maiores fãs de carros, eu adorei!



Eis a foto da bucket list!

 

Esqueci-me de dizer ali em cima, contem com um dia inteiro para visitarem o castelo, entre viagens de comboio (leeeento), autocarro, subir a colina, comer (já agora...), etc. Ainda por cima no inverno anoitece cedo, por isso o dia parece ainda mais pequeno. Se quiserem visitar o castelo por dentro (ouvi dizer que não vale a pena, das reviews que li no TripAdvisor), aconselho a comprarem o bilhete online, com um slot específico, já que a fila para as reservas era bem mais pequena do que para quem não tinha marcado nada.

E agora, mostro os "bastidores":

A multidão

 
A altitude

Está quebrada a "mística", portanto.

3 comentários:

  1. Essa ponte é mesmo assustadora mas vou registar a dica que esse castelinho está na minha bucket list :)

    ResponderEliminar
  2. Se fores fora da altura de "férias" imagino que haja menos gente. Nunca me passou pela cabeça que houvesse tanta gente aqui mesmo na véspera do Natal (fui dia 23!) mas houve quem tivesse pensado o mesmo, claramente. Julgo que o comboio demora umas 2h desde Munique, agora não me lembro ao certo, mas se procurares por banh.de hás-de ver tudo. Ah, esqueci-me de dizer no post, mas o bilhete de comboio (compra o Bavaria ticket, custa 28 euros para 2 pessoas, por um dia de viagem) inclui o autocarro desde a estação à cidade do castelo, depois é só subir a colina (podes ir de carruagem, autocarro, ou a pé). Eu adorei, parecia uma criança, ahah.

    ResponderEliminar
  3. Adorava visitar.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar