domingo, 4 de maio de 2014

A coragem

Trocar o certo pelo incerto é um risco. Têm-me dito muitas vezes que não podemos prever os resultados exactos das nossas acções mas que nem por isso podemos (ou devemos) deixar de decidir, e é bem verdade. Às vezes só podemos contar com o nosso bom senso e a nossa motivação no caminho que escolhemos percorrer, com a certeza de que o seguimos com o objectivo de ser feliz. E não interessa que se possam pagar sapatos ou viagens se uma parte de nós ficou por cumprir. É mais ou menos como no poema: "falta cumprir-se Portugal".

Sem comentários:

Enviar um comentário