domingo, 23 de fevereiro de 2014

Agnes no país da Agatha Christie

A Agatha Christie é a mais famosa residente de Wallingford, uma pequena aldeia perdida no South Oxfordshire. Se há autora de quem já li praí 95% dos livros é ela (algures na faixa dos meus 12-14 anos limpei todos os Poirot), por isso já há algum tempo que queria visitar a vila, tirar a foto da praxe na casa onde ela viveu e visitar o cemitério onde foi sepultada. Este sábado esteve sol, por isso foi finalmente o dia.
Wallingford é uma aldeia, vê-se bem em poucas horas. Tem o ar pitoresco do campo inglês, uns restaurantes e pubs simpáticos para almoçar e, para fãs da escritora, é interessante conhecer o sítio que lhe serviu de inspiração à obra. Ficam as fotos.

A praça principal


St Mary-le-More Church


St Peters Bridge


O Tamisa a transbordar


O pub do almoço


A casa da Agatha Christie, com a famosa placa azul (não se vê bem da rua, têm de ir atentos e espreitar para dentro dos jardins das pessoas, o que pode ser uma actividade meio estranha, verdade)


Adoro caixas do correio e achei que esta fotografia ficava bem aqui


Tal como esta, acho que são as cores


Para acabar o passeio, passámos pelo cemitério. De notar que já não fica em Wallingford mas sim em Cholsey, que é outra vila a seguir. Não é longe (e encontrei algumas walking tours que o incluem nos percursos a pé), mas fomos de carro porque era a nossa última paragem.
 


Agora é pensar no próximo destino aqui na ilha.

1 comentário: