segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Coisas que se me ocorrem *

Não deixa de me parecer curioso que uma moça não possa sonhar com uma mala Chanel mas que o rapaz entrevistado pela Judite já possa usar o seu dinheiro como bem quiser. Eu às segundas-feiras fico assim com mau feitio, amanhã já passa.

* expressão mai linda

2 comentários:

  1. Também já pensei nisso. E ainda pus a hipótese de duas teorias:
    1. a TVI estava à procura de mais uma polémica do género Pêpa (e eu ainda nem vi a entrevista, nem uma nem outra, curiosamente)
    2. os portugueses redimiram-se da vergonha que é ridicularizar alguém pelos sonhos que tem. Porque era uma rapariga de voz afectada e queria uma mala. Que ir aos Óscares não é da mesma natureza, ou comprar um carro XPTO, ou um telemóvel da moda, já agora.

    ResponderEliminar
  2. Olha que a hipótese número 1 é bastante provável! E sim, acho a voz afectada da Pepa não a ajudou muito a ter a "solidariedade"... É aquela coisa, sonhos têm que ser de Miss Mundo e paz e amor para toda a gente, mas uma festa de anos de milhares, epá isso já está bem, é o dinheiro do rapaz e cada um sabe de si. Esta dualidade de critérios ultrapassa-me...

    ResponderEliminar