sábado, 1 de junho de 2013

Junho

Junho é o mês das cerejas e do verão e, por mais anos que passem, será sempre o mês do início das férias grandes (facto que remonta já à década passada). Ah, também dizem que faço anos, data da qual nunca gostei particularmente. Fico sem jeito quando me cantam os parabéns e nunca gostei da pressão de ser "o meu dia" e de eu ser o centro da festa. Claro que com 8 anos gostava da festa lá em casa só com as amigas da escola, onde se jogavam jogos no jardim e havia bolo de aniversário e gelatina de morango. Hoje em dia festejo com 3 ou 4 pessoas e chega perfeitamente. E se nunca me preocupei com o número que ia acrescentando à idade tenho andado aqui a matutar que vou entrar na segunda parte dos 20's e não sei muito bem como é que isto aconteceu. Vinte e seis. Vinte. E. Seis. Eu sei (ainda não pirei de vez) que não é muito, assim em termos absolutos, e óbvio que não estou aqui a pensar que estou velha e a qualquer momento vou entrar na reforma, mas vinte e seis...é adulto! Aquele adulto mesmo, assim mais a sério. [A minha mãe teve um filho aos 26! (este facto ainda me perturba!)] E eu... eu não sou adulta, estão a ver, houve aqui um engano qualquer. Eu continuo a ser aquela pessoa que adora Cérelac e tem vontade de chamar a mãe para imensos problemas (incluindo o eterno "como posso lavar/passar/whatever esta peça de roupa?"). E agora, aos 26 (vinte e seis!), é que me deu para ter a maior indecisão face ao futuro. Sobrevivi à escolha do agrupamento, escolhi o curso, depois o ramo, depois lutei pelo meu actual emprego e agora, quase na hora de fazer as malas da Holanda, é que decidi armar-me em parva. E já não tenho a certeza. E se calhar não é A, mas podia ser B. E sinto-me estúpida porque devia saber. Porque tenho 26 anos. E isso já é muito ano.

3 comentários:

  1. Tenho a certeza que vais descobrir qual o melhor caminho! Tudo a correr bem! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. antigamente as pessoas cresciam muito mais depressa! Hoje somos mais protegidos

    ResponderEliminar
  3. teardrop: obrigada ;)

    Fashionista: sim, é verdade!

    ResponderEliminar