domingo, 30 de junho de 2013

Ainda os italianos

Os meus colegas italianos gozam com as pessoas que pedem um cappuccino a seguir ao almoço. Isto porque, e citando, "um cappuccino bebe-se ao pequeno almoço". Eles são muito boas pessoas (que são!) mas nunca vi gente mais dogmática em relação à comida. A pizza não leva ananás. "Mas já provaste? Não gostas, é?". Não, pois claro que não, a pizza não leva ananás porque não é suposto levar ananás. Gostar? Impossível! O cappuccino não se bebe a seguir ao almoço, nunca, jamais em tempo em algum. Não sei se no infantário alguém lhes dá um livro com todas as regras da alimentação certa mas cá para mim deve ser uma canseira viver assim! Eu cá continuo a beber o cappuccino quando me apetecer e ponho na pizza aquilo que eu gostar. E mai nada.

sábado, 29 de junho de 2013

Próximos destinos na calha

Regressos, estreias, visitas a amigos, destinos há muito pensados ou cidades de que me "lembrei" há pouco tempo. Tenho um bocado de tudo nesta lista de viagens a realizar num futuro mais ou menos próximo. Até à marcação dos voos e hotéis ainda tenho muitos planos para fazer. E adoro!

Budapeste

Praga

Berlim

Milão

Florença
 
Munique
 
Chicago
 
Washington DC
 
Nova Iorque

Santorini

sexta-feira, 28 de junho de 2013

Acho que me tornei um deles

Para começar, não ando minimamente chateada com o tempo. Quer dizer, óbvio que agradecia que não chovesse. E que estivessem mais de 12 graus quando saio de manhã, isso também era simpático. Mas não ando mega deprimida como os meus colegas sempre a suspirar por um dia de sol. Não sei se bati com a cabeça e não dei conta mas a verdade é que já não quero saber. Vou fazendo a minha vida e desde que não chova torrencialmente quando ando na rua já fico contente. Acho que o meu corpo incorporou a ideia que já é outuno por isso acha que isto é tudo muito normal... (Claro que vai ser interessante quando daqui a 15 dias for a Lisboa e perceber que afinal o verão existe e está a anos luz do que se passa aqui, mas não vamos ser pessimistas). Para concluir a minha completa integração na Holanda, transformei-me numa daquelas pessoas que marca planos com mais de 2 semanas de antecedência. E, o que é ainda mais grave, com um grupo de amigos portugueses. Para além disso, que não se pense que combinámos uma coisa muito complexa, não, foi só uma ida a uma exposição.  
I rest my case.

terça-feira, 25 de junho de 2013

Questões verdadeiramente importantes

Mas por que é que os saltos dos sapatos estão cada vez maiores? A sério que aquelas pessoas dos blogues de moda andam mesmo em cima de 10 e 15 cm de salto todo o santo dia? Vá, esqueçam todo o santo dia, eu com mais de 10cm de salto matava-me!

sábado, 22 de junho de 2013

Desejos consumistas


Tenho imensa vontade de ir às compras. Às vezes acontece-me, e os saldos até estão aí. Mas Agnes Maria (para além de falar dela própria na terceira pessoa) prefere gastar o dinheiro em viagens, por isso não há trapos para ninguém por agora. Só uns ocasionais sapatos, pronto, mas também já gastei o meu orçamento. Bolas, devia jogar no Euromilhões...

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Pós-Londres

Regressei! À Holanda (no domingo) e ao blog (hoje).  Nestes dias não tive tempo nem para me coçar, também fiquei doente e com febre e não tenho nada de inspirador para aqui pôr, aliás, ainda sem sequer tirei as fotos da máquina...por aqui se vê o nível de actividade e entusiasmo. Assim sendo queria só dizer que já aqui estou, sobrevivi e estou a ver se despacho os bichos que me puseram a tomar Nimed (isto é uma droga das boas, pá!). Ficam umas fotos da viagem para animar o post, mesmo que sejam de qualidade duvidosa e tenham sido tiradas com o telemóvel.

O lugar maravilha, os estúdios do Potter. Como mega Potter fã, adorei! (preparem-se, passei lá uma tarde inteira, aquilo é enorme!)



A visita à loja dos M&M. Demasiado merchandising e muito poucos M&M, mas pronto.

Um crepe maravilhoso na Haagen Dazs para fugir à chuva.

O autocarro "wedding special", que achei o máximo.

A foto da praxe!

Aaaah, e desta vez risquei um item da minha bucket list:
Adorei!

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Finally

Agora que já lutei com a mala de mão (raios partam a easyjet e a mania da UMA peça de bagagem por pessoa, nem uma mísera carteira se pode levar para não andar com o passaporte, mais o cartão de embarque, e o livro e as pastilhas e os óculos de sol e o dinheiro... tudo ao molho), como eu dizia, agora que já lutei com a mala de mão e consegui pôr lá tudo o que queria, estou a preparar-me para entrar em modo fim de semana prolongado. Com o stress que ganhei estes últimos dias vão saber-me pela vida estes diazinhos para desligar do mundo. É que para a semana... para a semana pode ser o princípio de uma outra vida!

terça-feira, 11 de junho de 2013

Viver na Holanda é #2

Assistir a uma perseguição policial em bicicleta ao género da mítica série "Asas nos Pés" (não me digam que não se lembram!). Claro que o perseguido ia também em bicicleta mas toda a aceleração feita pelos dois polícias de forma a "encurralar" a pessoa foi um acontecimento memorável.

terça-feira, 4 de junho de 2013

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Ai vais fazer anos? Então toma lá que é para te sentires cota

O pessoal mais novo comenta no Facebook e no Instagram com um "sabeeeees" ou "saaaaabes" e eu não faço ideia do que isso significa. Primeiro pensei que fosse coisa da minha prima e das amigas, de quem não percebo 99% dos posts no Facebook...mas a coisa começa a alastrar a outros contactos, todos mais novos do que eu. Não sei se me devo preocupar.

sábado, 1 de junho de 2013

Junho

Junho é o mês das cerejas e do verão e, por mais anos que passem, será sempre o mês do início das férias grandes (facto que remonta já à década passada). Ah, também dizem que faço anos, data da qual nunca gostei particularmente. Fico sem jeito quando me cantam os parabéns e nunca gostei da pressão de ser "o meu dia" e de eu ser o centro da festa. Claro que com 8 anos gostava da festa lá em casa só com as amigas da escola, onde se jogavam jogos no jardim e havia bolo de aniversário e gelatina de morango. Hoje em dia festejo com 3 ou 4 pessoas e chega perfeitamente. E se nunca me preocupei com o número que ia acrescentando à idade tenho andado aqui a matutar que vou entrar na segunda parte dos 20's e não sei muito bem como é que isto aconteceu. Vinte e seis. Vinte. E. Seis. Eu sei (ainda não pirei de vez) que não é muito, assim em termos absolutos, e óbvio que não estou aqui a pensar que estou velha e a qualquer momento vou entrar na reforma, mas vinte e seis...é adulto! Aquele adulto mesmo, assim mais a sério. [A minha mãe teve um filho aos 26! (este facto ainda me perturba!)] E eu... eu não sou adulta, estão a ver, houve aqui um engano qualquer. Eu continuo a ser aquela pessoa que adora Cérelac e tem vontade de chamar a mãe para imensos problemas (incluindo o eterno "como posso lavar/passar/whatever esta peça de roupa?"). E agora, aos 26 (vinte e seis!), é que me deu para ter a maior indecisão face ao futuro. Sobrevivi à escolha do agrupamento, escolhi o curso, depois o ramo, depois lutei pelo meu actual emprego e agora, quase na hora de fazer as malas da Holanda, é que decidi armar-me em parva. E já não tenho a certeza. E se calhar não é A, mas podia ser B. E sinto-me estúpida porque devia saber. Porque tenho 26 anos. E isso já é muito ano.