terça-feira, 30 de abril de 2013

Voltar a casa

Já voltei. Sim, sobrevivi à deslocação aeroporto-casa no meio dos festejos do dia da Rainha, não há nada como atravessar a festa com um trolley é o que vos digo. Imbuída num espírito empreendedor, arrumei a tralha toda que trazia e até guardei os cachecóis e gorros de lã numa caixa onde (hopefully) ficarão guardados até ao próximo outono. Se nos próximos dias vier um frio polar já sabem que a culpa é minha.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Finalmente

Chegou o fim de semana prolongado! Não vou festejar o Queen's Day (sorry, Willem, nada pessoal) mas vou recarregar baterias por estes lados e já venho.


25 de Abril

Não vou postar a Grândola, em vez disso quero deixar aqui uma música que para mim tem uma das melhores letras políticas de sempre. Ary dos Santos, como não podia deixar de ser. Sempre que a ouço me interrogo como raio isto passou na "selecção" para ir à Eurovisão em 1973.



quarta-feira, 17 de abril de 2013

Sabes que vives há muito tempo na Holanda

Quando te apresentam um português e tu esticas a mão em vez de dares os 2 beijinhos que a pessoa está à espera. Depois retiras a mão e siga com os beijinhos. Bolas, já não estou habituada a estas coisas.

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Voltei a ter 11 anos

Há uns dias vi no Público uma reportagem sobre o Postcrossing e decidi espreitar o projecto. Para quem não conhece, é um site onde se podem inscrever gratuitamente, requisitar um endereço de uma pessoa algures no mundo para quem deverão enviar um postal e depois aguardar a recepção do postal que alguém ficou responsável de vos enviar. Isto pode parecer coisa de maluquinhos, a avaliar pelos olhares de espanto que recebi perante o meu entusiasmo pelo projecto, mas a verdade é que eu tenho um carinho enorme pelo correio com papel e caneta. Tudo começou quando tinha 11 anos e decidi aventurar-me no mundo dos penfriends. Trocava cartas com pessoas de todos os cantos de Portugal e até de outros países (Coreia do Sul, México, Irlanda, Áustria, Bélgica), o que me valeu bastantes horas a escrever durante alguns anos, recortes, postais de todos os sítios que os meus penfriends visitavam, e um sem fim de recordações. Com o tempo algumas cartas foram deixando de aparecer e perdi o contacto com muitos deles. Mas o mais fantástico é que tenho amigas que duram até hoje. Fomos confidentes durante anos, atravessei meio Portugal para ir aos seus bailes de finalistas ou aos anos e tive-as ao meu lado em vários momentos importantes. Vamos tomar café e jantar fora e acho que as pessoas não acreditam quando dizemos que nos conhecemos há 15 anos, por carta. Hoje temos o email, o Facebook, ou o Skype, mas continuamos a trocar postais sempre que vamos a um sítio novo. E nos anos e no Natal. Ou sempre que nos apetece. São das poucas moradas que sei de cor e não preciso de apontar na agenda. Por isso, sim, o Postcrossing tocou-me e já me inscrevi para enviar o meu primeiro postal. Acho que agora vou tentar cumprir o meu objectivo de menina e juntar postais de todo o mundo.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

É so isto

Estou cansada, muito cansada mesmo. E tenho taaaaaaaaanto que fazer até às próximas férias que me dá um ataque só de pensar nisso. Mas como hoje descobri uma imagem que gostava de guardar, aqui estou eu para mais um post de sabedoria patrocinado pelo TheBerry.




sábado, 6 de abril de 2013

quinta-feira, 4 de abril de 2013

Desabafo

Quando leio aqueles blogs com descrições de treinos e corridas (e que me parecem ao nível de qualquer exército pronto a entrar em guerra, juro!) fico sempre a sentir-me a pessoa mais preguiçosa à face da Terra. Não só tenho tendência a comportamento de lontra (ou seja, está-se bem é a boiar na água) como o meu dia acaba por ser demasiado pequeno para tantos planos, sejam eles desporto ou outra coisa qualquer. Acho que vou contratar um assistente pessoal. Ou um motivador como o Miguel.

terça-feira, 2 de abril de 2013

Recordar Edinburgh

Dei conta da enorme falha que este blog apresentava, sem qualquer registo fotográfico da minha viagem à Escócia! Adorei Edinburgh e quero imenso voltar à Escócia para um passeio pelas Highlands.


















segunda-feira, 1 de abril de 2013

A Bélgica

Portanto, Bruxelas não tem nada de especial, é até uma cidade bastante feiinha como toda a gente dizia (não levava expectativas muito altas, é verdade). Salvou-se a Grand Place, que é gira, os chocolates, as waffles e as batatas fritas (check, check, check), e o parque Europa, onde a criança que há em mim se divertiu bastante (sou uma pessoa com gostos simples!). Ah, e também gostei de ver o Parlamento Europeu.
De Brugge, esperava bastante mais. "Ah, é tão giro" e assim e assado. Meh. Não é que seja feio, de todo! É bastante fofinho, tem aquele ar medieval e tal e coiso, mas não é assim nada de...hmmm, UAU. Sorry, depois de tanto comentário esperava uma coisa muito mais gira.

Ficam as fotos.

 A Grand Place de noite (quando fica mais gira, na minha opinião)

 A Holanda na mini-Europa!

E Portugal, obviamente. Tinha o castelo de Guimarães, a ribeira do Porto, o Algarve, etc, mas não deu para pôr tudo numa só fotografia, infelizmente e nas outras melhorzinhas está a minha fronha a estragar ;)
 As lojas de chocolate!

Um restaurante tuga! Onde fui comer um bife e matar saudades ahah, senti-me uma verdadeira expat!

 O palácio real

O Parlamento Europeu


O 25 de Abril em destaque na cronologia da Europa, à porta do Parlamento Europeu

E finalmente, Brugge