quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013

Um ano

Faz amanhã um ano que cheguei a Schiphol no primeiro voo da TAP. Só com um bilhete de ida. Passou depressa mas pareceu uma eternidade (estranho, nao é?). Fiz imensas coisas, conheci pessoas, aprendi imenso, conheci-me melhor. E é por causa deste ano que agora termina que posso dizer que em 2014, nesta mesma data, quero (e vou!) escrever-vos doutro sítio. O mesmo onde mora a felicidade.

domingo, 24 de fevereiro de 2013

E neva, outra vez

Tenho um chá, um livro e lembro-me sempre da música do José Cid (eu sei...eu sei...).


"Cai neve em Nova Iorque, há sol no meu país, faz-me falta Lisboa para me sentir feliz".

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Passeios por aí

Já há muito tempo que não aproveitava um fim de semana para passear. Hoje foi dia de Dordrecht, uma cidade a sul e onde passei tanto frio que mal tirei fotografias. As cidades holandesas começam a parecer-me todas algo "mais do mesmo", com os mesmo mercados, as mesmas ruas principais, as mesmas paisagens. Acho que escapam Haia (talvez a mais "europeia" e a minha preferida) e Roterdão (com edifícios mais modernos e uma arquitectura de cidade "portuária" e "industrial"). Até mesmo Amesterdão (desculpem-me os fãs), acaba por cair no mesmo esquema repetitivo, embora escape por ser maior e ter muito mais coisas para fazer (seja como for, não sou a maior fã: muito sujo, muito caótico, muito turístico, nada de mais). Isto tudo leva-me a pensar que tenho de arranjar um dia de sol para tirar fotografias aos muitos recantos que habitam esta vilazinha que me acolheu e que começo a achar a mais bonita neste país de bonecas!







segunda-feira, 18 de fevereiro de 2013

Com isto concluo que devia estar a apostar mais no holandês

Comprei um papel de embrulho todo catita a pensar "opá, que fixe, é prateado, vai ficar um presente muito mais original", quando chego a casa e reparo que na verdade aquilo é papel transparente, como o que envolve as embalagens de perfume... O prateado era só o tubo "final" onde o papel se enrola. Uau. Obrigadinha, Holanda, nunca pensei que se arrumasse papel deste género mesmo ao lado dos restantes (e normais!) papéis de embrulho. Agora, claro, amanhã tenho que passar pelo Hema da estação, esse sítio fantástico (not.), e desencantar qualquer coisa para embrulhar uma moldura A4. Argh.

As pequenas grandes coisas

Nota-se uma enorma diferença no número de horas de luz por dia. Finalmente é (kind of) dia quando saio de casa (ok, pronto, não é noite cerrada, o que já é um bónus) e ainda há um tímido raio de sol quando chego a casa. E hoje, o dia de sol lindo que se fez sentir por estas bandas fez maravilhas pelo meu bom humor. Mesmo sendo segunda feira e mesmo estando a trabalhar num escritório. Realmente, já não me lembrava como o sol é importante na minha boa disposição! And I miss it.

quarta-feira, 13 de fevereiro de 2013

Não há pachorra

Mas há alguém que goste mesmo dos peluches a dizer I Love You e das almofadas cheias de corações e laçarotes?

(Ou então, vá, têm menos de 15 anos.)

terça-feira, 12 de fevereiro de 2013

A inspiração do dia

Mesmo a propósito das minhas crises existenciais.


A leste

Só ontem dei conta que hoje era Carnaval. Estou, portanto, a leste do mundo que anda com vontade de samba e máscaras. Verdade seja dita, nunca achei piada nenhuma à data, muito menos quando andava na escola e tinha de me vestir de acordo com o "tema" do ano, traumas de infância, é o que é!

Desafio

A Ombemua lançou-me o desafio (há vergonhosamente muito tempo atrás!) e por isso, aqui vai.

As regras são
1)Postar 11 coisas sobre mim.
2)Responder às 11 perguntas que nos foram atribuídas.
3)Nomear 11 blogs com 200 ou menos seguidores, colocar o link e avisar sobre o prémio.
4)Fazer novas 11 perguntas aos blogs nomeados.

Ora bem, eu não conheço 11 blogs com menos de 200 seguidores, sou muito mainstream, sabem como é. Mas tirem à vontade o selo, até achava piada conhecer novos blogs, que estou a ficar com poucas coisas que ler (a sério!). De resto, vamos lá.

11 coisas sobre mim:
- Adoro velas de cheiro! Tenho sempre uma em casa, pelo menos!
- Choro nos filmes, sou uma mariquinhas.
- Por falar em filmes, sou péssima com nomes de actores, actrizes, óscares, prémios e afins. Esqueçam, a sério, uma nódoa total.
- Adoro viajar, por mim ia todos os meses a um sítio diferente.
- Gosto de organizar a tralha, arranjar caixinhas, ordenar por cores, ou por tamanhos, relaxa-me! Cada um com a sua pancada.
- Adoro carteiras, mas tornei-me incapaz de comprar malas de "plástico", acho que estou a ficar velha.
- Moro na Holanda mas não sou a maior fã de andar de bicicleta. Eu sei, sou uma herege.
- Tenho listas para tudo. Listas de coisas para fazer, de presentes para comprar, listas de compras, listas de viagens, listas, listas! Tão bom! (ahahah)
- Faço colecção de postais, a única colecção que mantive das 50 mil que tinha quando era miúda.
- Adoro ler e tenho sempre um livro da mesinha de cabeceira.
- Falo sozinha, pronto, agora está aqui por escrito a minha senilidade.

As respostas:
1- Qual a cor que mais vestem?
Ganga. Isso conta como cor?

2- Salto alto ou raso?
Raso, não tenho vida para andar de saltos.

3- Almoços/jantares com amigos, família ou ambos?
Ambos.

4- Como consegues conciliar o emprego e o blog, escreves nas horas de trabalho?
Não tenho qualquer problema, não vivo do blog por isso posso dar-me ao luxo de escrever o que me der na gana, quando eu quiser. Nunca escrevo durante o trabalho.

5- Conseguias estar uma semana sem telemóvel mas com telefone fixo ao pé?
Eu uso muito o telemóvel, mais pela internet do que propriamente pelas mensagens ou chamadas, por isso acho que não, só se tivesse wireless!

6- Praia ou piscina?
Hmmm, as duas? Please?

7- Salgados ou doces?
Salgados.

8- Ler ou ouvir música?
Ler.

9- Vídeo ou fotografia?
Fotografia.

10- Qual a viagem de sonho?
Tantas! Singapura, Xangai, Pequim, Chicago, S.Francisco (isto segundo o critério de " mais longe", porque há muitas mais).

11- Não passas sem...?
As pessoas de quem gosto.

As perguntas:
1- De onde vem o nome do teu blog?
2- Tens alguma colecção? De quê?
3- Tens animais de estimação?
4- De onde escreves o blog?
5- Que países gostavas de visitar?
6- Fazes deporto ou és atleta de sofá?
7- Preferes o Inverno ou o Verão?
8- Se pudesses fazer qualquer coisa, o que escolhias para tua profissão?
9- Que tipo de blogs mais gostas de ler?
10- Que pessoa gostavas de conhecer pessoalmente?
11- Qual a máxima que gostas mais?

E pronto, é isto, post gigante!

quarta-feira, 6 de fevereiro de 2013

Por falar em Liverpool (ou de como eu queria chamar a este post Yellow Submarine!)

Aqui ficam as fotos para a posteridade. Achei a cidade feiinha (se calhar é de mim, pronto) mas esteve-se bem durante um fim de semana.








Estava na hora

Pois é, tinha muitos planos de viagens aqui e ali mas está-me a parecer que a primeira - bem, já fui a Liverpool, por isso, segunda - viagem do ano vai ser à vizinha Bélgica. É uma vergonha, mas a única vez que lá pus os pés foi para apanhar o avião e isso não pode ser, não a morar aqui na Holanda! Como marcar viagens é viciante, já estou a pensar na próxima... Decisions, decisions!


sábado, 2 de fevereiro de 2013

Novo vício

Estou viciada nas TED talks (é só googlar, minha gente). Numa delas, descobri este vídeo e adorei, fica aqui como inspiração para os próximos tempos e para quem a "quiser apanhar".


sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013

Moro na Holanda há demasiado tempo

Quando digo que moro na Holanda invariamente vem uma frase do género "ai quando fui a Amesterdão aluguei uma bicicleta e achei o máximo poder pedalar pela cidade toda" ou "deve ser fantástico poder ir para o trabalho todos os dias de bicicleta". Ora eu (já) não vejo assim as coisas. Uma bicicleta para mim é um meio de transporte. Ok, não sou a pessoa que mais usa o veículo já que faço percursos mais longos (e uso o autocarro ou o comboio), mas mesmo assim não é uma coisa que ache "tão giro" ou "diferente". É mais uma forma de transporte como outra qualquer, que ocupa imensos passeios à porta dos supermercados e para a qual é difícil encontrar um "bom lugar" para estacionar em "horas de ponta". E quando digo que ando imenso a pé "ah, mas estás na Holanda, tens de andar de bicicleta"...er....não, porquê? Está no "contrato" de residência?