quinta-feira, 12 de abril de 2012

Holanda - Informação aleatória e (des)interessante

A primeira pergunta que os meus amigos em Portugal me fazem é "então como é que é a vida na Holanda?", o que sinceramente é uma coisa à qual eu não sei responder muito bem. O primeiro facto que me vem à cabeça é que na Holanda janta-se às 18h30 (o que é uma coisa super interessante, eu sei, mas o meu cérebro tem destas coisas). As lojas fecham cedíssimo, mas há uma noite por semana em que algumas delas estão abertas até mais tarde, um conceito que desconheço lá pela pátria. Um dia de sol, não importa a temperatura, significa beber uma cerveja na esplanada e quando estão mais de 10 graus (deve ser pelos dois dígitos...) há barbecue pela certa (temos ainda a variante de passear de barco pelos canais sempre que não esteja a chover). Na Holanda arrendondam-se os preços das coisas para o múltiplo de 5 cêntimos mais próximo, o que significa que às vezes não se recebem 2 cêntimos de troco mas noutras a conta fica 2 cêntimos mais barata (ao menos não arredondam os preços sempre para cima!). A ausência de luzes nas bicicletas dá multa (nada simpática), pelo que é comum as pessoas terem pequenas luzes que se trazem nos porta-chaves e que são amovíveis (eu confesso que me rendi a elas). O roubo de bicicletas e respectivos acessórios é um crime popular por estas bandas (a sério, prendam bem a vossa bicicleta se querem mesmo que ela esteja lá quando regressarem). Segundo a opinião geral, os holandeses são um povo franco e directo (eu acho que há ali situações que roçam a má educação, mas isso sou que sou esquisita). Aliás, esqueçam  um simples "por favor" ou um "desculpe" sempre que, por exemplo, chocarem com um deles na rua. Mas é verdade que, por outro lado, não precisam de falar holandês para sobreviver nesta terra: toda a gente fala inglês ou arranha o essencial para comunicar, o que é uma vantagem em relação a muitos países. Numa opinião mais pessoal, acho-os muito pouco "desenrascados", como se vê em coisas tão simples como servir à mesa num café/restaurante, ou mesmo conduzir nas cidades.
Random facts à parte, é um país com bastante qualidade de vida, faz-lhe é falta o sol, o tempo e a comida do nosso rectângulo à beira-mar...

5 comentários:

  1. Olá Agnes!

    O meu nome é Angela e também cheguei há pouco tempo a Amsterdão.
    Gostei de ler as tuas primeiras impressões sobre a cidade e os holandeses :)

    Bjinhos e tem um bom fds!

    ResponderEliminar
  2. Miss Pipeta: obrigada, isto são realmente factos aleatórios e (des)interessantes :P
    Angela: bem-vinda ao estaminé :) E espero que estejas a gostar da Holanda, eu até acho simpático viver aqui, embora não sei porquê não me imagine a viver aqui a longo prazo (mas quem sabe não mudo de ideias). Beijinhos!

    ResponderEliminar
  3. Tenho muita curiosidade em visitar a Holanda, mesmo! E por isso adoro ler estes postes repletos de pequenos pormenores!

    ResponderEliminar
  4. Joana: Se tiveres oportunidade, a Primavera é mesmo a melhor altura para vires cá, por causa dos campos todos floridos, vale mesmo a pena! Beijinho*

    ResponderEliminar