quarta-feira, 4 de abril de 2012

E assim de repente passou um mês

Mantenho a sensação que já aqui escrevi: não sei se me sinto como se sempre aqui tivesse estado ou como se tivesse acabado de chegar, mas a verdade é que as duas facetas descrevem igualmente bem o que sinto. Já duvidei de muitas coisas enquanto aqui estive (isto num mês deve ser alguma espécie de recorde!) mas fazer as malas e rumar a um país novo nunca foi uma delas. Tenha eu tempo e inspiração para tal e tenciono contar as aventuras mais interessantes neste blog que, aos poucos, se vai tornando um cidadão do mundo.

3 comentários: