domingo, 15 de abril de 2012

Aventuras cinematográficas no país das tulipas

Fui pela primeira vez ao cinema aqui na Holanda. Não só é caríssimo (8 euros) como me senti a entrar  numa verdadeira cápsula do tempo, ao jeito de relíquia dos anos 40! Mas a cereja no topo do bolo foi mesmo a bilheteira ser apenas um homem com uma caixa de madeira onde guardava o dinheiro e um papel onde ia fazendo tracinhos conforme o número de bilhetes que vendia. (Agora que penso nisso, devia ter tirado uma fotografia.) Fiquei com curiosidade de saber se isto será a regra ou a excepção nos cinemas desta terra...

6 comentários:

  1. Ai, mas a que cinema é que tu foste?
    Também fui ao cinema há umas 2 semanas pela primeira vez aqui e não foi nada assim...
    Caro, sim. Com salas pequenas, sim. E com uma qualidade de imagem que deixava muito a desejar. Mas ao menos era um cinema do séc. XXI. Lol

    ResponderEliminar
  2. Pessoas, eu moro no "campo" :P Mas acho que este deve ser o cinema mais original destes lados, tenho que ver se faço outra sessão de cinema em breve, mas noutro sítio. Logo contarei o resultado!

    ResponderEliminar
  3. Ficamos a aguardar cenas do próximo capítulo! ehehehh!

    ResponderEliminar
  4. E nós portugueses ainda nos queixamos de tudo...

    ResponderEliminar
  5. Joana, é verdade, nós queixamo-nos de imensas coisas mas acredita que em muitas delas sem razão.

    ResponderEliminar