terça-feira, 27 de março de 2012

Dos horários

Quase um mês depois (ainda não percebi se me sinto como se estivesse aqui há muito tempo ou como se tivesse chegado ontem) ainda não eduquei o meu estômago para os novos horários das refeições. Isto porque eu tenho um metabolismo muito rápido e não consigo fazer só três refeições por dia (pequeno-almoço, almoço e jantar), não, eu preciso de comer qualquer coisa a meio da manhã... e a meio da tarde... e antes de ir para a cama. Resumindo, passo o dia a comer. O intervalo que mais me custa é o da tarde, uma vez que chego a casa só por volta das 19h e o meu último snack já ficou para trás há muito tempo. Juntando a isto o tempo de fazer o jantar, fico esfomeada! E sim, já experimentei atrasar o snack mas depois janto mais tarde porque não tenho fome e acabo por me deitar tarde e depois durmo pouco, uma canseira! Vou ter de trabalhar mais este timing. Serious business.

2 comentários:

  1. Eu consigo passar horas sem me lembrar de comer. Eu sei, eu sei, também tenho aqui em mão um negócio sério em que trabalhar!

    ResponderEliminar
  2. Pois tens, cada uma com o seu negócio! Temos que melhorar isto ;)

    ResponderEliminar