sábado, 10 de março de 2012

Diferenças culturais #2

Para a semana tenho um jantar às 6 e meia da tarde. Ainda estou maravilhada.

6 comentários:

  1. O país mais estranho onde já estive em relação a hábitos alimentares foi na Polónia.
    Passei uma semana na casa de uma família Polaca e nunca me sentei à mesa para fazer uma única refeição com Pai, Mãe e Filha... Cada um comia "qualquer coisa" quando tinha fome.
    Ao fim de alguns dias explicaram-lhes que os Portugueses tinham de fazer duas refeições quentes (almoço e jantar) por dia (já andávamos todos esfomeados). Eles encaixaram as duas refeições à hora mais conveniente em relação ao programa que tinhamos para cumprir. Almoçamos às 16h e jantamos às 18h.
    Desistimos... :)

    ResponderEliminar
  2. Miss Pipeta: a sério? Muito estranhos, realmente! Não sabia que não havia esse hábito de comer "em família" por lá, achei mesmo engraçada a tua descrição! Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Eu acho que não é exactamente a comer em família que eles não dão valor... Eles não dão valor é à refeição em si. Comem apenas para viver, quando têm fome, nós quase vivemos para comer.
    Esta minha experiencia resultou de um intercâmbio quando estava no 12º ano. Quando os polacos vieram cá, e nós os recebemos à boa maneira portuguesa, sempre à volta da mesa a comer à grande, do bom e do melhor da cozinha tradicional, foi a vez deles acharem que nós éramos loucos por passarmos o dia à volta da mesa com toda a família em grandes almoços e jantaradas. :)
    E estes nossos hábitos são muito mediterrâneos, penso que isto não se passa só na Polónia... Mesmo aí na Holanda deve notar-se isso, principalmente à hora de almoço, a nossa necessidade de sentar à mesa com uma refeição quente é quase única.

    ResponderEliminar
  4. Sim, de facto nós portugueses (e "latinos" em geral) damos uma grande importância às refeições. Mesmo quando saímos, envolve sempre um jantar ou um almoço, é quase a nossa forma "normal" de socializar. E tens razão, aqui de facto eles não ligam tanto a isso.

    ResponderEliminar
  5. Já os espanhóis marcam para as 22h ;)

    ResponderEliminar
  6. Joana: exacto! Mas nem 8 nem 80 :P Nós é que somos pessoas "equilibradas", eheheh.

    ResponderEliminar