domingo, 12 de fevereiro de 2012

One way ticket to the future

Isto de clicar no "reserve já" para comprar um bilhete só de ida é coisa para me mexer com as emoções. Nunca tinha comprado um bilhete sem uma data de regresso e é algo que me faz pensar como tudo isto está a deixar de ser um plano e a tornar-se bastante real. E é nesta altura que começo a pensar (revirar, é mais o termo) em todas as coisas que fui decidindo neste processo..."fiz bem?", "devia ter escolhido X em vez de Y?", "será que devo gastar tanto com a casa? não deveria tentar poupar mais?" e um sem fim de questões que me conseguem passar pela cabeça em milisegundos (se houvesse um prémio para isso, era meu). Então a nível financeiro, a quantidade de contas que já fiz é impressionante. Sim, que eu vou emigrar pela valorização de currículo, porque não vou ganhar nada de especial face ao custo de vida que vou suportar, mas espero que este sacrifício (que não é sacrifício) valha a pena no final deste contrato. Se tenho medo do que vou encontrar? Não é bem medo, é mais ansiedade e expectativa. Mas não digam a ninguém que eu mostro sempre este ar de forte.

6 comentários:

  1. Essas dúvidas vós. sempre existir...mas confiança e esperança que de positivo é sempre bem vindo.
    Boas vibrações a caminho e fingers cross para que tudo corra bem.....

    Estas onde mesmo?

    Baci*querida

    ResponderEliminar
  2. Ombemua: estou em Portugal, mas no fim do mês vou-me mudar para a Holanda. Beijinho*

    ResponderEliminar
  3. Tenho a certeza de que vai correr bem :) acredita: depois de se estar cá é muito mais fácil. As pessoas fazem um bicho-de-sete-cabeças disto em Pt porque estão muito habituadas ao certinho-direitinho, ao seguro e a nunca sair da sua zona de conforto. Mas há que correr riscos, confiar e ter uma postura aberta e positiva.

    ResponderEliminar
  4. AnaLu: também espero que sim, que vá correr tudo bem :) Obrigada!

    ResponderEliminar