sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

A fama

Há vários aspectos na fama que me fazem espécie. O primeiro é o ar de diva que muitas pessoas conhecidas têm, como se tivessem mais direitos por serem cantores, apresentadores de televisão, actores ou autores de blogs famosos. Não suporto quando sacam do "mas não sabe quem eu sou?" (sim, sim, been there...). Não tenho pachorra. Mas sobretudo, irrita-me a subserviência que alguns têm para com estas pessoas. Aliás, ainda hoje tive a oportunidade de assistir a isso mesmo quando uma administrativa de um serviço, nada sorridente ou simpática para o comum dos mortais, se desfez em sorrisos e indicações a uma cara conhecida de todas as pessoas aqui em Portugal. E eu pergunto...porquê esta diferença de tratamento? Por que é que perante um "famoso" toda a gente parece disponível e prestável mas perante os restantes clientes que, sejamos francos, são quem justifica o emprego que têm a conversa é outra? Juro que não compreendo e sinceramente tenho algum nojo. Sim, acho que nojo é mesmo a palavra.

1 comentário:

  1. Subscrevo completamente!! Ainda somos o país dos Drs e Engs. Por isso, não estranho que façam o mesmo com figuras públicas :/

    **

    ResponderEliminar