domingo, 11 de dezembro de 2011

Isto de ir de viagem é muito bonito, mas chegar a casa e ter de arrumar a tralha toda (por muito ou pouco que seja) é uma seca. Lembro-me sempre daquelas cenas nas telenovelas onde elas deitam as coisas para dentro da mala e cabe sempre tudo, sem stress, e quando chegam não há cá arrumações para ninguém, tudo aparece miracolosamente no seu lugar. A Globo andou a povoar a minha infância com expectativas totalmente irrealistas do mundo.

Sem comentários:

Enviar um comentário