quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Um dia destes ainda peço uma comissão à Carris

Eu sou daquelas pessoas a quem as velhotas perguntam "ó menina, este autocarro passa em Sete Rios?", "onde é paragem do 31?" ou qualquer outra pergunta do género. Mas quem diz velhotas, diz toda e qualquer pessoa que não lê os panfletos da Carris afixados nas paragens com o percurso de cada autocarro e que por mais gente que haja à espera de um qualquer transporte, é a mim que escolhe para perguntar. Sou por isso um íman de pessoas em busca de informação, nada a fazer. Hoje, no entanto, uma velhota continuou a conversa para além da pergunta inicial. Eu não trazia o meu livro habitual, ou o ipod (onde tenho o hábito geek de ouvir vocabulário noutra língua - sim, uma aula em áudio), por isso fiquei ali a falar com a senhora e a pensar como realmente não custa nada ser simpático para outra pessoa. Ainda por cima uma senhora tão querida como aquela.

2 comentários:

  1. Bem...
    Uma coisa é certa... Ou eu sou muito leiga... ou a informação de metro e autocarros em Lisboa e Porto são muito confusas...
    Consigo utilizar transportes por este Mundo fora... Em Lisboa, carris (NADA)... e Porto (até perceber aquele mapa do metro.... uffffffff)....
    E até me considero uma pessoa inteligentizinha... :)

    ResponderEliminar
  2. Sim, também é verdade que há informação muito mal explicadinha. O metro ainda é naquela, com as cores e tal, é só mesmo localizar para onde se quer ir. A Carris já é mais chata. Para além de nem sempre se verem os panfletos com os trajectos, não são muito claros. Mas partindo do princípio que se conhecem os sítios, é uma questão de hábito até se perceber onde se apanha o autocarro ou qual o sentido do mesmo. A questão aqui é que as pessoas que me perguntam nem tentam ver qualquer informação, escolhem-me como alvo e pronto =P Muitas vezes a informação está mesmo à frente dos olhos delas, sobretudo para a pergunta "quanto tempo falta até ao autocarro x?" e o mostrador com os minutos está mesmo ao lado delas.
    Não era contudo o meu intuito dizer que eu percebo mais da coisa do que quem me pergunta, nem estava a chamar ninguém de pouco inteligente, atenção! Este post até era mais no sentido de não custar nada ser simpática ;)

    ResponderEliminar