quarta-feira, 16 de novembro de 2011

Saltei, gritei com a televisão, dei indicações aos jogadores (há uma treinadora de bancada dentro de mim), gritei GOLO! e fiz a festa. Quem diria que o futebol é uma óptima terapia? A mim fez-me mesmo bem para libertar energia.

Sem comentários:

Enviar um comentário