terça-feira, 29 de março de 2011

À procura de um rumo

Este é o sítio onde me dou ao luxo de largar o sorriso e dizer que a vida que levo não é aquilo que imaginei. Isto dito assim até parece que sou uma pessoa amarga e descontente, daquelas que refilam com velhinhos e enxotam os gatos bebés (sou uma total cat person, daí incluir este exemplo para ilustrar a situação, play along!). A verdade é que há dias em que sinto ainda mais falta de acordar de manhã com entusiasmo. O "vai-se andando" não é para mim. A rotina de dias "mais ou menos", que de repente se transformam em meses e eu tenho logo medo de um dia acordar e terem-se passado anos e aqueles objectivos terem ficado sempre postos de lado, para um "amanhã" melhor, um "logo se vê", um "depois logo tentamos". E sim, eu penso logo o agora e o depois e há que viver o presente, eu sei disso tudo, mas cada um com os seus medos, e este é o meu. Não significa que não acorde amanhã pronta para mudar isso, que não vá tentando, significa só que ainda não consegui. E há dias em que isso chateia mais. Como não consigo só contar coisas mais alegres ou intelectuais, este blog vai continuar a ser assim, quase bipolar, um dia down como hoje, amanhã quem sabe, um dia bright and shiny (quase como o tempo que se faz sentir por aqui).

3 comentários:

  1. A vida é feita de altos e baixos e são os insucessos de hoje que nos tornam pessoas de sucesso amanhã. Se nunca nos deparássemos com dificuldades não iamos ter estofo para a felicidade!
    Força*

    http://fashionaddicted.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  2. Pensamento positivo, optimismo... atrai coisas boas :)

    ResponderEliminar