sábado, 19 de fevereiro de 2011

À primeira vista

As aparências enganam, diz-se. Acho que já toda a gente teve a sua dose de desilusões com pessoas que primeiro pareciam ser espectaculares e que acabaram por se revelar muito diferentes. A minha lista, pelo menos, está cheia. É por isso que é tão bom quando acontece precisamente o contrário: conhecer alguém de quem, à primeira vista, nem gostávamos assim tanto e que afinal revelou qualidades que apreciamos.
Julgo que é inevitável formarmos uma opinião acerca de uma pessoa mesmo que tenhamos mantido apenas conversas de circunstância. Não falo em julgar alguém ou riscá-lo logo da lista vip, digo apenas uma opinião, se é simpático, se não simpático, se parece interessante, ou se é o género de pessoa com quem não teríamos muito do que falar, enfim, uma opinião. Que não tem que ser necessariamente má, mas que é quase sempre diferente da realidade. E quando a surpresa é pela positiva ganho sempre um bocadinho da esperança que perdi com todas as desilusões.

Sem comentários:

Enviar um comentário