quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Mais uma moeda, mais uma viagem!

Andar de metro é uma experiência sociológica quase a roçar o fascinante. Hoje, vinha eu num metro a rebentar pelas costuras e deparo-me com diversas pessoas na plataforma  que, em vez de esperarem pelo seguinte, vá de empurrarem quem já estava lá dentro, naquela lógica do "cabe sempre mais um" como uma boa casa portuguesa. E depois vão dizendo "ai, não empurrem", quando são elas que estão o estão a fazer. Não há pachorra.

Sem comentários:

Enviar um comentário